Olá.

Bem-vindo ao Cidades de Portugal, o meu blog com as melhores dicas do país. Aproveite e boa viagem!

Tapioca em Santos

Tapioca em Santos

Lisboa já conta com algumas tapiocarias, mas eu estava “devendo” uma visita ao primeiro espaço do gênero por aqui. Em pleno dia do pai, fomos conhecer a Tapioca Oca!

Não sei se vocês sabem, mas algumas datas comemorativas portuguesas são diferentes das brasileiras. O dia do pai aqui é comemorado a 19 de Março, dia de São José, dois dias antes da despedida do Inverno.

Nós aproveitamos o anúncio de Primavera gratuito oferecido pelo sol e fomos andando até lá, porque o dia estava realmente fantástico para um passeio.

O Tapioca Oca fica em Santos, pertinho do Museu Nacional de Arte Antiga (dez minutos a pé) e também do Cais do Sodré que foi todo renovado recentemente. Funcionam de Terça a Domingo e os cachorros são sempre bem-vindos!

Quando chegamos, fomos super bem atendidos num espaço pequeno, mas ao mesmo tempo mega acolhedor. A decoração tem tudo a ver com a proposta da tapiocaria, a simpatia dos funcionários e a música brasileira de fundo completam a harmonia e fazem a diferença.

Com capacidade para doze pessoas no interior, optamos por sentar numa mesa partilhada, pois já estava preparada com uma cestinha de pães de queijo, biscoito de polvilho e palitos de cenoura com pasta de húmus. O Martin mostrou-se um grande apreciador da delícia mineira e devorou os pães de queijo! Eu não resisti aos palitos de cenoura com húmus.

Se o dia estiver convidativo, quando passarem por lá, podem também ficar na esplanada, o espaço exterior é bem legal. Imagino que num dia quente de Verão seja agradável (como tantos em Lisboa) sentar ali fora e provar os sucos prensados a frio, descansando depois de uma voltinha pela zona.

Eu experimentei o suco prensado a frio de morango com maracujá e era ótimo! Mas, há outras combinações que vocês podem provar, como o de maçã com laranjas, pera e gengibre; ou o de couve roxa com melão, mirtilos, limão e maçã, dentre algumas possibilidades.

As tapiocas podem ser doces ou salgadas, nós escolhemos a “tostoca”, uma espécie de misto quente de tapioca. Era bem boa… e eu fiquei satisfeita, mas a variedade era tanta que o meu marido decidiu provar uma tapioca doce também. Ele escolheu uma de leite condensado com coco e, como é óbvio, eu não resisti e provei.

Como se não fosse o bastante, nos trouxeram duas fatias de bolo de milho e outro de aipim! O aipim é a mandioca ou a macaxeira, dependo da região aí no Brasil.

Apesar de ser uma tapiocaria, o espaço não é restrito à tapioca, como já perceberam. Há um pouco de tudo da culinária brasileira, como o pão de queijo, os bolos tradicionais e até açaí na tigela. Uma vez por mês, também realizam uma feijoada que segundo as “más-línguas” é divinal!

Aos Domingos também podem saborear o brunch da casa por vinte euros, os pratos são variados dentro da proposta do espaço (tapiocas de guacamole, caril ou de brigadeiro, banana, mel e canela, bolos tradicionais, cafés, sumos…). É preciso reserva, porque os lugares são limitados.

Para terminar, queria saber se vocês ficaram pensando sobre o nome da tapiocaria? A Oca é aquela casinha dos índios, lembram? O nome vem daí! Essa é portanto a casa das tapiocas!


Links Úteis de Viagem

Hostels em Lisboa

Hostels em Lisboa

Pelo Centro de Coimbra

Pelo Centro de Coimbra