Olá.

Bem-vindo ao Cidades de Portugal, o meu blog com as melhores dicas do país. Aproveite e boa viagem!

Quinta das Lágrimas

Quinta das Lágrimas

Fomos conhecer a Quinta das Lágrimas, em Coimbra. O hotel, membro da “Small Luxury Hotels of the World”, é um palácio do século XVIII. 

Depois de pegar o Martin mais cedo na escola, viajamos duas horas até Coimbra. O destino? A tradicional Quinta das Lágrimas. Logo na chegada, fomos muito bem atendidos e ficamos maravilhados com a linda entrada do Palácio, que ainda exibe os brasões do tempo que era apenas uma propriedade da família Júdice. Os herdeiros tiveram a ideia de transformar o palácio numa unidade hoteleira e desde então só têm crescido no mercado.

Fomos recepcionados por uma senhora que, para além de nos dar todas as coordenadas do hotel, nos entregou uma fita vermelha para que eu escrevesse algo e amarrasse numa das árvores dos jardins que iríamos visitar. 

A fita vermelha é uma tradição na Quinta das Lágrimas e eu achei o máximo poder participar. São coisas simples que fazem toda a diferença! Claro que eu não perdi tempo e escrevi o nome da minha família.

Os corredores do hotel são cobertos por tapetes e conferem um certo ar misterioso associado à mobília. Tudo isso criava uma expectativa para finalmente conhecermos o nosso quarto, que era super tradicional e confortável. Os funcionários foram bem atenciosos e prepararam uma caminha para o nosso Martin.

Depois de deixarmos as coisas no quarto, fomos conhecer o jardim que guarda a mais triste história de amor portuguesa, a tragédia de Pedro e Inês.

Quando voltamos, a Cláudia, que fez a nossa visita guiada ao jardim (veja aqui o outro artigo), nos mostrou todo o hotel. Vimos a linda sala de música, a capelinha que é um mimo e a incrível biblioteca do palácio.

Quinta das Lagrimas - Cidades de Portugal por Joana Balaguer 1.jpg

Jantamos no restaurante do hotel, o Arcadas, que já recebeu uma estrela Michelin.

O restaurante clássico e bonito é comandado pele Chef Vitor Dias e também recebe clientes que não estejam hospedados no hotel.

Apesar do restaurante ser maravilhoso, criança é criança! E a equipe do hotel entende perfeitamente isso, pois foi super simpática e preparou algo especialmente para o Martin: uma massa com franguinho e tomate, que ele amou!

No Arcadas, nós tivemos a possibilidade de escolher entre o menu normal e três opções de degustação. Como optei pelo menu, fiquei em dúvida o que escolher: foie gras com pera caramelizada, ravióli de queijo de cabra ou ovo de galinha cozido a baixa temperatura acompanhado de trufas pretas! Difícil… como sou apaixonada pelo foie gras… essa foi a minha escolha.

O meu marido preferiu experimentar o menu de degustação e o Martin nessa hora já estava no leitinho acompanhado pelo Ipad.

Mas antes disso tudo, tivemos umas entradas bem boas! Uma seleção deliciosa de pães acompanhada de azeites que conjugavam na perfeição. Ainda trouxeram um complemento do couvert que era muito bom!

Quando o meu foie chegou com uma apresentação fantástica… Meu Deus! Comi rezando!! Estava delicioso!

Na verdade, este prato está na lista das entradas, mas poderia ser incluído nos pratos principais, porque a porção é generosa. Eu fiquei bem satisfeita! 

O meu marido amou o menu degustação escolhido por ele, eu também adorei, porque provei tudo, lógico!

Restaurante aprovadíssimo!

Passemos as outras maravilhas da Quinta das Lágrimas: as massagens! O hotel dispõe de um Spa e nós aproveitamos para fazer uma bela massagem. É claro que tivemos de fazer um de cada vez, porque alguém teria de ficar com o Martin.

Eles propõe uma massagem dupla para casais chamada de “Pedro e Inês” e garantem que se trata de um ritual exclusivo!

Eu experimentei uma massagem desportiva, ótima para recuperar a musculatura. As minhas costas estavam mesmo precisando, eu amei! Saí de lá mega relaxada, mas… o relaxamento não deve ter durado mais do que vinte minutos! Quando se é mãe e se tem um bebezinho cheio de energia… já sabem!

Do hotel fomos andando até o Portugal dos Pequenitos, um parque com miniaturas dos monumentos e edifícios portugueses, mas quando estávamos chegando começou a chover, então decidimos voltar. 

Nós já conhecíamos o parque, vale muito a pena ir e levar os filhotes, eles ficam malucos com as casinhas todas!

Com a chuva e o friozinho só dava vontade de dormir no nosso quarto tão agradável. Assim, finalmente o Martin apagou e eu por tabela também.

No dia seguinte, tomamos um café da manhã delicioso no restaurante Pedro e Inês, que fica no hotel. Também almoçamos lá, e a comida era maravilhosa! A sobremesa de pão-de-ló com doce de ovos era imperdível, quem gosta desse doce não deve deixar de pedir!

O Hotel Quinta das Lágrimas conta com 4 estrelas, mas em breve passará a ter 5 com todo o mérito.

A simpatia e o profissionalismo da equipe fazem toda a diferença. Parabéns ao Pedro e a todos os funcionários!


Vistas e Heróis

Vistas e Heróis

Primeira Noite em Évora

Primeira Noite em Évora